IOTO International

História do uso do Tabaco no Brasil

Podemos afirmar que a América é o berço do tabaco!   

 

Originado nos Andes Bolivianos, baseado em pesquisas históricas, o tabaco vem sendo utilizado na sociedade pelo menos desde o século XV, onde eram consumidos em tribos indígenas. No entanto, alguns dados indicam que o uso do tabaco surgiu aproximadamente no ano 1000 a.C., nas sociedades indígenas da América Central.

Foi por meio das migrações indígenas que a planta chegou até o Brasil. O tabaco era considerado sagrado, utilizado em rituais e para fins medicinais. Sua utilização podia ser feita de diferentes formas, podendo ser comido, bebido, mascado, aspirado, mas o fumo predominava, e logo essa forma de consumo dissipou-se mundialmente.

 

Em 1942, foi documentado por historiadores, que os companheiros de Cristóvão Colombo viram pela primeira vez os índios fumarem. Para os índios, a planta possuía caráter sagrado, tendo seu uso limitado aos pajés em ritos religiosos, sendo utilizado com fins medicinais na cura de ferimentos, enxaquecas e dores de estômago. Não há indícios históricos que mencionam que o tabaco existiu na Europa antes do descobrimento da América.

 

Após seu retorno, sementes de tabaco teriam sido levadas até a Europa, sendo cultivada pela Família Real Portuguesa devido ao aspecto ornamental e pela função medicinal. Devido as expedições portuguesas, a planta foi levada à diversos países da África e do Oriente, principalmente como moeda de troca. Com isso, o tabaco se tornou um produto comercial das colônias europeias.

Segundo dados, foi no ano de 1560 que os colonos portugueses iniciaram o cultivo nas lavouras brasileiras para consumo próprio e o que excedia era comercializado com a Europa.

 

No século XVII, o tabaco se tornou um dos principais produtos de exportação do Império Português. Assim, seu comércio passou a ter várias legislações e taxações. No entanto, as lavouras se expandiram rapidamente somente após a Proclamação da Independência, em 1822.

 

Devido a sua importância, até os dias de hoje está marcado no Brasão das Armas da República o tabaco e o ramo de café. Afirmando sua grande contribuição e importância para o início da história das exportações brasileiras.

Por conta do marco evolutivo da produção do tabaco, hoje no Brasil com o Sistema Integrado de Produção e Tabaco (SIPT), o setor possui produção e demanda organizadas, e a qualidade dos produtos fez com que o tabaco brasileiro se tornasse cobiçado internacionalmente.

 

Atualmente, o Brasil é o segundo maior produtor de fumo para cigarros no mundo. Do total do tabaco plantado em 103 países, mais de 10% são cultivados em terras espalhadas pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Ficamos atrás apenas da China, que produz 41% do total produzido no mundo.  A exportação da folha apresenta números ainda mais impressionantes: o Brasil é maior exportador de tabaco no ranking internacional.  

 

A IOTO, seguindo a tradição milenar das Américas, produz uma série de matérias primas específicas para a indústria do Tabaco. Com profissionais altamente capacitados, de prontidão para prestar consultoria e melhor atender a sua necessidade. Além disso, produzimos o Tabaco Reconstituído (Recon), em um processo único e patenteado pela IOTO.

O Tabaco é tradição e história! E nós estamos aqui para te acompanhar nesta trajetória!

Nos siga nas redes sociais:

Outros Conteúdos

contrap - besouro do fumo

CONTRAP® – Contra o Besouro do Fumo

CONTRAP® – Contra o Besouro do Fumo   Contrap® são armadilhas de feromônio fabricadas pela empresa alemã Borgwaldt, comercializadas no Brasil pela empresa IOTO International

post - propilenoglicol

Desmistificando o Propilenoglicol

O Propilenoglicol (propano-1,2-diol) é um composto orgânico atóxico pertencente a classe dos álcoois. É um líquido incolor, inodoro, higroscópico (retém a umidade do meio) e

História dos Aromas

História dos Aromas

A história dos aromas remonta aos primórdios da civilização humana. Desde os tempos antigos, as pessoas têm explorado e apreciado diferentes aromas por diversas razões,

ioto@iotointernational.com

Nos acompanhe